Parceiros

logospp.jpg

Estatísticas

Visitantes
390
Artigos
901
Ver quantos acessos teve os artigos
485986

Quem Está Online

Temos 77 visitantes e Nenhum membro online

A Retina na Filatelia

 

Hélion de Mello e Oliveira

A Filatelia Temática permite que sejam estudados os mais variados assuntos ilustrando-os com material postal. Este material inclui selos, as várias formas de inteiros postais, carimbos, franquias mecânicas, telegramas, etiquetas de registro, cadernetas, etc.
A  pesquisa  para  a  identificação deste material nem sempre é fácil, seu sucesso depende da persistência do filatelista estudioso.
Todo tema, por  mais  inusitado  que seja, pode  ser  motivo de  uma coleção temática. Vejamos neste artigo o que pode ser mostrado sobre a RETINA, pequena e tão importante estrutura ocular.
Na  antigüidade, estudiosos  como Averroes (1)  (1126-98) identificavam a retina como a estrutura responsável pela fotorecepção, contrariando a crença difundida na época, que atribuía essa função ao cristalino.

 

1.córnea
2.camara anterior  
3.cristalino
4.vítreo
5.nervo óptico
6.retina
7.coróide
8.esclerótica

 

 

Galeno (2)  (131-201)  atribuía  ao  olho  sete camadas  e  Leonardo  da  Vinci (3)  deixou vários desenhos anatômicos do globo ocular, que ainda não mostravam sua anatomia tal como  é  hoje  conhecida. Das três  camadas que com põem o olho, a retina (4) é a camada mais interna. Sua anatomia microscópica vem sendo estudada  desde  que  Leewenhoeck (5)  (1632-1723), através de sua invenção, o microscópio, descreveu os cones e os bastonetes.
Ramon e Cajal (6)  (1852-1934), histologista espanhol, muito contribuiu para os atuais conhecimentos da estrutura microscópica da retina, mostrada nos selos da Finlândia  e  Suriname (7)  A fisiologia da retina, que  era  um  mistério  para  os antigos, está  hoje  esclarecida, devendo-se muito deste  conhecimento aos  trabalhos de Sperry, Hubel e Wiesel  (8) sobre as vias ópticas.
O exame da retina tornou-se possível a partir de 1851 quando Helmholtz (9) inventou o oftalmoscópio, fato considerado como o marco inicial da oftalmologia moderna.
O  primitivo  oftalmoscópio  de  Helmholtz  permitia o  exame  indireto deste  órgão, o  que  está  representado  no  selo  das  Filipinas  (10)  ilustrando  José  Rizal, oftalmologista e herói  nacional  daquele  país, tendo  como paciente sua  própria mãe. Este  aparelho  foi  ainda  representado nos selos das Alemanhas Ocidental e Oriental (10a e 10b) que homenageiam o grande oftalmologista alemão Albrecht von Graefe. A versão moderna do oftalmoscópio é vista em um inteiro postal emitido pela Austrália (11).
Outro  aparelho  que  permite a visualização da retina é  o  BIOMICROSCÓPIO (14) inventado por Gullstrand (13).
O aspecto da retina quando examinada por estes aparelhos está representado no selo da  Suazilandia (12) onde  podem  ser  observados  a  papila (que é o nervo óptico), os vasos retinianos e a própria retina (de cor laranja ao fundo).




A retina pode ser explorada funcionalmente através da eletroretinografia, mostrada por um selo do Suriname (15).
Numerosas são as patologias que podem afetá-la, seja por alterações locais ou por repercussão de doenças gerais sobre esta delicada estrutura ocular. Peças filatélicas ilustram as retinopatias diabética (16) e hipertensiva (17),o dêscolamento de retina (18) e os tumores intraoculares (19), destacando-se  o  retinoblastoma, um grave tumor que ocorre na infância.
Dentre os  oftalmologistas  estudiosos  da  retina  destaca-se  o suíço Jules  Gonin (20), idealizador de  uma  cirurgia  para  curar o  descolamento  da retina.  Ainda na terapêutica, um inteiro postal da Romênia (21) mostra um aparelho de LASER destinado  ao  tratamento  de  várias  patologias  oculares, com destaque para a retinopatia diabética.
Nos vários campos do saber, numerosas são  as  personalidades  com problemas  oculares, homenageadas em peças postais. Algumas foram privadas da visão por problemas retinianos como  é  o caso de  John  Milton (22),  o autor de  “Paraíso Perdido”, que ficou  cego  por  descolamento de retina, assim como Joseph Pulitzer (23) o famoso jornalista norteamericano. O 28°  Presidente dos Estados  Unidos da América do Norte, Thomas Woodrow Wilson (24), perdeu a visão  do  olho esquerdo por hemorragia devido à oclusão da  veia  central da retina.
Nos  congressos  oftalmológicos são  debatidos  problemas relativos à retina. Assim, no  XV Congresso Internacional (25) , realizado no  Cairo, Egito em 1938, um dos temas foi “Alterações retinianas na hipertensão arterial” e  no XXIII Congresso Internacional de Kioto, no Japão, em 1978 (26) foi debatido o tema “Epitélio pigmentar da retina”. Durante  o  XXV  Congresso  Internacional também foi organizado um simpósio sobre a retina (27).

Referências filatélicas ( Catálogo Scott)

01 - Averroes - Jordânia 679, Espanha 1461, Síria 832
02 - Galeno - Yêmen 433/5
03 - Leonardo da Vinci - Itália 347/8, 601. 601b, C 29/31
04 - Anatomia - Cuba 1976, Suécia 1525 (foto)
05 - Leewenhoeck - Holanda B97
06 - Ramon y Cajal - Espanha 545, 793; Suécia 711; carimbo Bilbao 1986
07 - Histologia - Finlândia 1989; Suriname 412
08 - Fisiologia - Suécia 1525
09 - Helmholtz - Alemanha : Berlim 9N314; DDR 61
10 - Oftalmoscopia indireta - Filipinas 1291 ; Alemanha Ocidental 9N417;

 

Alemanha Oriental 1932


11 - Oftalmoscopia direta - Austrália - Inteiro Postal
12 - Fundo de olho - Suazilândia 262
13 - Gullstrand - Suécia 910
14 - Lâmpada de Fenda - Ghana 592; Guiné 812; Togo C278
15 - Eletro-retinografia - Suriname 412 (foto)
16 - Retinopatia diabética - Áustria 1130 (foto)
17 - Retinopatia hipertensiva - Uganda 209 (foto)
18 - Descolamento de retina - Itália carimbo,1980 - Conf .Intern. sul Destacco        di retina
19 - Tumor - DDR - carimbo 1981 - Symp. On Intraocular Tumors
20 - Jules Gonin - Suiça 537 e carimbo Cent. de Gonin, 1970
21 - LASER - Romênia, 1985 - Inteiro postal
22 - John Milton - Hungria 1819; Rússia 2153
23 - Joseph Pulitzer - USA 9465; Saint Lucia 561
24 - T.W.Wilson - USA
25- XV International Congress Ophthalmology - Egito 220/2
26- XXIII International Congress Ophthalmology - Japão 1325
27- XXV International Congress Ophthalmology - Itália,Firenze 1986


¥  ¥  ¥


Publicado em “Informativo Fontoura Wyeth S.A.”  - Fevereiro de 1990