Parceiros

fefibra.jpg

Estatísticas

Visitantes
388
Artigos
901
Ver quantos acessos teve os artigos
468604

Quem Está Online

Temos 61 visitantes e Nenhum membro online

CEGUEIRA, OFTALMOLOGIA E TOPONÍMIA

Helion de Mello e Oliveira

Uma coleção temática deve ter um roteiro no qual os mais variados aspectos do tema em estudo sejam pesquisados. Neste artigo lembramos um tópico que tem sido pouco explorado, não sendo incluído na maioria das coleções. Trata-se da TOPONÍMIA.

Toponímia é o estudo histórico ou lingüístico sobre a origem dos nomes próprios de lugares. É uma palavra de origem grega composta de “topos” (lugar) e “onymia” (nome).

Numerosos são os temas que permitem melhorar a pesquisa temática com a inclusão da toponímia. Como exemplo citaremos o tema Zoologia. Na Revista TEMÁTICA (Ano 5, número 25 - página 109) publicamos a relação dos nomes de cidades brasileiras relacionados aos animais. A inclusão destes carimbos e outras peças postais contribui para a complementação do desenvolvimento do plano, mesmo tratando-se de carimbos ordinários.

O tema FLORA também poderá ser muito beneficiado com o aproveitamento deste tipo de pesquisa.

Pesquisando a toponímia em relação a CEGUEIRA e OFTALMOLOGIA encontramos várias cidades com nomes relacionados ao tema. São os seguintes:


BLIND RIVERpequena cidade do Canadá, localizada no Distrito de Algoma, província de Ontário. Situa-se na margem do canal norte do lago Huron. Seus primeiros habitantes foram principalmente comerciantes franceses. Esta cidade foi importante centro produtor de urânio. Seu nome deve-se ao fato de a desembocadura do rio Cobden, onde ela está situada, ter sua passagem para o lago Huron escondida, o que originou o nome de BLIND RIVER (Rio Cego).

 

CIEGO DE AVILA - cidade cubana localizada na província de Camaguey. É um importante centro comercial para toda a área agrícola-pastoril ao seu redor. Numerosas refinaras de açúcar estão instaladas em suas proximidades.

 

 

ARCO DO CEGO - em Lisboa, capital de Portugal, existi uma região com este nome. Nesta área existiu um arco que foi demolido em 1742, porém o antigo nome permaneceu. Conta-nos o jornalista português Costa Júnior que a demolição deveu-se ao fato de o carroção real que transportava D.João V (1707-1750) não passava pelo vão do arco. Sendo o rei mais importante que o arco, este foi demolido! Do cego que deveria existir junto ao Arco não ficou notícias....

 

 

BLUE EYE - (Olho Azul) - É uma pequena cidade norte americana

situada na divisa dos Estados de Missouri e Arkansas.

 Sendo uma cidade bi-estadual, tem dois

prefeitos e duas câmaras. Possui uma

única companhia de eletricidade, porém

dois diferentes sistemas telefônicos,

havendo necessidade de se fazer ligação interurbana para

falar o outro lado da rua!

A agência do correio é unica e está no Estado de Missouri. Os primeiros colonos chegaram no final da década de 1860, vindos de Kentucky, Tennesee e Carolinas. Quando da instalação do primeiro correio local, tornou-se obrigatório a oficialização do nome da localidade. O povo não apreciava o nome antigo (CHARNECA DE BUTLER), porém estava com dificuldade na escolha de um novo nome. Jocosamente foi sugerido BLUE EYE referendo-se à cor dos olhos de Butler. O nome foi aprovado e o correio foi instalado em 1870. A cidadezinha tem cerca de 150 habitantes do lado de Missouri e 75 em Arkansas. Entretanto, por estar localizada numa área turística, no final da década passada o correio de BLUE EYE servia a cerca de 2.300 usuários.



SLEEPY EYE (Olho Sonolento) – Esta  povoação, localizada no coração da melhor área agrícola do estado de Minnesota, recebeu este nome em homenagem ao chefe sioux ISH TAKHÁBA, que significa EYE DROOPING (palpebra caída). Até 1860 a área era território indígena.

Os primeiros colonizadores chegaram em 1862 e se estabeleceram em torno de um lago que era chamado de   Sleepy Eye. Em 1872 a chegada da estrada de  ferro propiciou o desenvolvimento do local com o  nome de Vila do Lago de Sleepy Eye. No ano  seguinte já existiam agentes de correio rural. Em  1880 um grupo de cidadãos decidiu que o nome da  cidade não era digno e solicitou aos legisladores  sua mudança para LOREDO. O novo nome não foi aceito pelo povo e após um ano voltou a chamar-se SLEEPY EYE.

 

 

 

EYEBROW (Sobrancelha, Arcada superciliar) -

pequena localidade situada na província canadense de Saskatchewan. Um carimbo desta cidade poderá ajudar no desenvolvimento temático, quando houver necessidade de uma referência anatômica.

 

  

OLHO - numerosos são os locais que tem o seu nome inspirado no órgão da visão. A Inglaterra tem duas localidades denominadas EYE (Olho), uma no condado de East Soffolk e outra no de Huntingdon and Perborough.


OJO CALIENTE (Olho quente) - é uma vila situada na província mexicana de Zacatecas, não muito distante de Aguas Calientes.


Numerosas são as vilas e povoações brasileiras denominadas OLHO D‘ÁGUA. Nestes casos a palavra é usada em sentido figurado, representando local onde nasce uma fonte de água.

Vejamos alguns exemplos:

Alagoas

57442-000 - Olho D‘Água das Flores
57470-000 - Olho D‘Água do Casado
57390-000 - Olho D‘Água Grande

Bahia

46710-000 - Olho D‘Água do Seco
46715-000 - Olho D‘Água do Serafim

Ceará

62118-000 - Olho D‘Água
62964-000 - Olho D ‘Água da Bica

Maranhão

65065-000 - Olho D ‘Água

Minas Gerais

39413-000 - Olhos D‘Água
38772-000 - Olho D‘Água do Oeste

Paraíba

58760-000 - Olho D‘Água

Rio Grande de Norte

59730-000 - Olho D ‘Água do Borges


Finalizando, registramos a localidade portuguesa do Algarve que se denominou no aumentativo -

OLHÃO.

****************************

Publicado na Revista “TEMÁTICA” da ABRAFITE 96: 123,1987