Parceiros

fefibra.jpg

Estatísticas

Visitantes
390
Artigos
901
Ver quantos acessos teve os artigos
485988

Quem Está Online

Temos 64 visitantes e Nenhum membro online

Cirurgia Ocular na Filatelia

CIRURGIA OCULAR NA FILATELIA

 

Hélion de Mello e Oliveira

 

A filatelia tem registrado a história da cirurgia ocular desde os seus primórdios. O código de Hamurabi (11) , entre outras medidas, incluía o comportamento que deveriam ter os oftalmo-cirurgiões da época, regulamentando inclusive as penalidades para os faltosos. O papiro encontrado por Ebers no Egito (11), também deixou registrado vários procedimentos cirúrgicos desta especialidade médica. Numerosas são os tipos de cirurgias oftalmológicas estampadas em peças postais.


Johann Andreas Eysenbarth (6) foi um famoso cirurgião itinerante que percorria as cidade européias fazendo curas e operando cataratas.

 

 

 

 Jacques Daviel (5) oftalmologista do rei Louis XV da França, já em  1752 revelou suas pesquisas concluindo que o cristalino  cataratado deveria ser retirado do olho e não empurrado para o  seu interior (reclinação) como era a técnica usada.

 

 

 


Joseph Barth (9) professor de oftalmologia e anatomia da Universidade de Viena, em seu livro “Algo sobre a extração da catarata”, publicado em 1779, demonstrava que a infecção pós-operatória era o grande perigo desta cirurgia em sua época.


Georg Joseph Beer (1763-1811) (3) discípulo de Barth, inventou um instrumento para abertura da câmara anterior conhecida como “faca de Beer”, que foi usada durante muito tempo para a cirurgia ocular. No início do século XIX clinicou em Berlim outro hábil oftalmo-cirurgião que foi Albrecht von Graefe (8). Foi o idealizador de uma cirurgia para glaucoma agudo usada até os nossos dias e inventor de uma faca especial para a cirurgia da catarata.


Deve ser registrado ainda o trabalho do espanhol Ignácio Barraquer (1) que muito contribuiu para o desenvolvimento da técnica cirúrgica da catarata. A China emitiu um interessante selo (14), ilustrando a cirurgia da catarata e o paciente, com a visão recuperada, enfiando linha na agulha. A moderna cirurgia da catarata com implante de lentes intra-oculares, já tem sido registrada em numerosos carimbos postais (14).

 

A cirurgia plástica, na área oftalmológica, é ilustrada pela homenagem a dois especialistas húngaros (4 e 10) Laszlo Blaskovics e Joseph Imre Jr., que idealizaram várias técnicas para a correção de deformidades palpebro-oculares.


Jules Gonin (9) , foi pioneiro da cirurgia de descolamento da retina, patologia que levava inexoravelmente à cegueira antes da sua descoberta de que os buracos retinianos deveriam ser ocluidos



A ceratoplastia tem sido assinalada em grande número de peças filatélicas tais como selos, carimbos,franquias mecânicas e inteiros postais (13). Deve ser feito registro especial ao oftalmologista russo Vladimir Petrovich Filatov (7), que foi o di vulgador do emprego da córnea de cadáver para o enxerto de córnea. A cirurgia do vítreo tornou-se atualmente uma realidade graças à invenção de um aparelho - o vitreófago - (18) que permite o tratamento de várias patologias oculares.

A mais recente novidade da especialidade - a cirurgia refrativa para correção da miopia e astigmatismo – já se encontra representada em carimbos e inteiros postais (15).

O Raio LASER, que também esta incluído na terapêutica cirúrgica do aparelho ocular, é encontrado ilustrado em um magnífico inteiro postal da Romênia (17).


Finalizando deve ser lembrado que algumas fábricas especializadas em instrumentos e equipamentos cirúrgicos oftalmológicos, podem ser ilustrados tematicamente através de franquias mecânicas existentes.


A filatelia mais uma vez se revela repositório da história, permitindo registrar um dos capítulos da terapêutica desta maravilhosa especialidade médica que é a OFTALMOLOGIA.

 

REFERÊNCIAS FILATÉLICAS (CATÁLOGO SCOTT)

 


01 Barraquer, I 1984 Espanha 2375Barraquer


02 Barth, G. 1974 Malta 476


03 Beer, G. J. 1963 Austria-car.Viena-Cong.Soc.Eur.Opht.


04 e 10 Blaskovics, L. ; Imre, J. 1972 Hungria 2142


05 Daviel, J. 1963 França B 359 ;1963 França-car. 70o.Cong.Fr.Opht.


06 Eysenbarth, J J. 1977 Alemanha 1264


07 e 09 Filatov, V. P.; Gonin, J. 1972 Hungria 2143Filatov

1962 Russia 2659 

1975 Rússia - Inteiro  Postal

1977 Rússia - Inteiro Postal


08 Graefe, A. 1978 Alemanha Oriental 1932;

1978 Alemanha-Berlim 9N41

1978 Alemanha-Berlim - car.;

1966 Alemanha-Munchen - car. Conc.Opth.


09 1971 Suiça 537-1970; Suiça -car.

 

11 Hamurabi, código 1971 Egito -UAR


12 Papiro de Ebers 1971 Egito 864 ;

1982 Alemanha - DDR 2207


13 Ceratoplastia 1972 Colombia-Bogota - Franquia Mec. -

“Non omnis moriar done sus ojos” ;

1984 USA - Franquia .Mec.

“Let your eyeslive after you”;

1979 Tailandia B 54 ; 1985 Tailandia B 59


14 Cirurgia de catarata 1976 China R.P. 1274 ;

1975 Itália -Bologna - car. Simp.Chir.Ocul.;

1977 França-Perpignan - car.Simp. LIO


15 Cirurgia refrativa 1986 Rússia - Inteiro postal

“Simp.Int. LIO e cir. refrativa”


16 Descolamento retina 1980 Italia - Roma - car. Simp.destacco retina


17 LASER 1985 Romania-Bucaresti -Inteiro postal

“Conf.Int,Dezvolt.Eletron.Cuantici”


18 1980 Swaziland 343