Parceiros

logospp.jpg

Estatísticas

Visitantes
388
Artigos
901
Ver quantos acessos teve os artigos
468612

Quem Está Online

Temos 75 visitantes e Nenhum membro online

Mundial FIP Málaga 2006: Comentários de nosso Comissário

Entre em contato através do E-mail

MALAGA E A EXPOSIÇÃO

Málaga é a maior cidade da costa da Andaluzia. Com cerca de 700.000 habitantes, esta típica e genuína cidade da costa do sol da Espanha acolheu o mundo filatélico no período de 7 a 13 de outubro de 2006. Ao longo das ruas e parques da cidade de Málaga distribui-se a exposição mundial de filatelia ESPANA 06, propiciando uma interação rara da filatelia com a população de forma geral.

Como resultado desta “mescla” obteve-se uma grande participação da população na exposição, maior freqüência de interessados nos estandes dos comerciante/administrações postais e a oportunidade de conhecer, ao longo dos deslocamentos de um centro expositor a outro, um pouco do centro histórico da cidade.

A exposição assim estava dividida:
1-Avenida de Andaluzia (Junto ao Magazine El Corte Inglês) – Classes: Temática (80 coleções total de 475 quadros), Maximafilia (11 coleções total de 61 quadros) e Classe Aberta (12 coleções total de 48 quadros).
2- Zona de Santo Domingo – Classes: Juvenil (51 coleções total de 179 quadros) e Um Quadro (109 coleções total de 109 quadros).
3-Porto (Parte Central da Exposição) – Nível Superior Classes: Honra (6 coleções total de 48 quadros), Tradicional (118 coleções total de 737 quadros), Inteiros Postais (37 coleções total de 242 quadros) e Literatura (185 participações). Nível Inferior Classes: Historia Postal (137 coleções total de 887 quadros) e Selos Fiscais (13 coleções total de 80 quadros).
4- Alameda Principal – Estandes logísticos e institucionais FNMT.
5- Praça da Marina – Estande do Correio e Cultural.
6- Rua Marques de Larios – Estande dos Comerciantes e Administrações Postais.
7- Praça da Constituição – Corte de Honra, Salas de Imprensa e Área destinada ao lançamento dos selos comemorativos a exposição.
8- Rua Alcazabilla – Classes: Aerofilatelia (31 coleções total de 194 quadros) e Astrofilatelia (11 coleções total de 70 quadros).

EXPOSITORES BRASILEIROS
Expositores Convidados a preencher a Inscrição Provisória (24): Arthur Coitinho, Antonio Perez Peixoto, Demetrio Delizoicov, Diego Salcedo, Everaldo Santos, Ezyr Braga Moraes, Fabio Flosi, Helion de Melo e Oliveira, Ivan Ângelo, Jaime Kahan, James Rezende Píton, José Marques Barboza, José Romeu Porto Lima, Klerman Lopes, Luiz Paulo Cunha, Maria de Lourdes Marchesa, Mario de Castro Lobo, Paulo Comeli, Peter Meyer, Reinaldo Macedo, Rogério Dedivitis, Rubem Porto, William Chen, Sociedade Philatélica Paulista e Clube Filatélico do Brasil.

Expositores que enviaram Inscrição Provisória (19): Arthur Coitinho, Antonio Perez Peixoto, Demetrio Delizoicov, Diego Salcedo, Ezyr Braga Moraes, Fabio Flosi, Jaime Kahan, James Rezende Píton, José Romeu Porto Lima, Klerman Lopes (2), Luiz Paulo Cunha, Maria de Lourdes Marchesa, Peter Meyer, Reinaldo Macedo (2), Rogério Dedivitis, Rubem Porto e Clube Filatélico do Brasil.

Expositores Aceitos (14)´: Arthur Coitinho, Antonio Perez Peixoto, Diego Salcedo, Ezyr Braga Moraes, Fabio Flosi, Jaime Kahan, José Romeu Porto Lima, Klerman Lopes (2), Luiz Paulo Cunha, Reinaldo Macedo (2), Rubem Porto e Clube Filatélico do Brasil.

Analisando as classes competitivas a participação brasileira dispunha, em termos de inscrição aceitas a seguinte composição: Historia Postal - 3 coleções (21,43%), Temática – 4 coleções (28,57%), Inteiros Postais – 1 coleção (7,14%), Selos Fiscais - 1 coleção (7,14%), Um Quadro - 1 coleção (7,14%) e Literatura – 4 coleções (28,57%).

Em termos de distribuição geográfica temos a seguinte composição: São Paulo – 3 inscrições (21,43%), Rio de Janeiro – 7 inscrições (50%), Rio Grande do Sul – 3 inscrições (21,43%) e Pernambuco – 1 inscrição (7,14%).

PALMARÉS BRASILEIRO
Medalha de Ouro -Correspondances Passant par lês voies Martimes Brésil-France au siécle XIX (Klerman Wanderley Lopes) com 91 pontos. - Revenue Stamps of Brazil Empire (José Romeu Porto Lima) com 90 pontos
Medalha de Vermeil Grande -Province of Rio de Janeiro Postal Service during the Brazilian Empire Period (Rubem Porto Junior) com 88 pontos. - Study of Postal Cards from Brazil (Reinaldo Macedo) com 86 pontos.
Medalha de Vermeil -Man Under Water (Luiz Paulo Rodrigues Cunha) com 82 pontos. -A Brazilian Republican Pattern Granny 1920-1941 (Antonio Perez Peixoto) com 81 pontos. -A Brave People (Jaime Kahan)com 81 pontos -Characteristiques des Correspon-dances du Bresil pour la France au XIX Siecle (Phillipe Damian e Klerman W. Lopes) com 81 pontos -The Dog Faithfull and Dedicated fellow (Ezyr Maria Braga de Moraes) com 80 pontos -Postal Stationery from Brazil with advertising (Reinaldo Macedo) com 80 pontos
Medalha de Prata -The Wine...a Story (Arthur Feijó Coitinho) com 73 pontos; - Clube Filatélico do Brasil (Website) com 72 pontos.

Observações.
- Houve extravio no material do Sr. Fabio Flosi, desta forma quando o material foi encontrado não havia mais tempo hábil de julgamento. Uma medalha de participação foi encaminhada ao expositor.
- O Sr. Daniel Salcedo não efe-tuou o pagamento a Comissão Organizadora nem a FEBRAF. Não realizou o envio do material de literatura inscrito.

PRESENÇA BRASILEIRA NA EXPOSIÇÃO
Prestigiaram o evento: José Francisco Marinho – Jurado, Reinaldo E. Macedo e esposa – Comissário e Expositor, Klerman W. Lopes e esposa – Expositor, Fabio Flosi – Expositor, Marcos Chusyd e esposa e Everaldo Santos e esposa.

CONSIDERAÇÕES GERAIS
Sob a ótica de minha primeira experiência como comissário de uma exposição FIP gostaria de observar:
1- Dificuldade de obter junto a FEBRAF a lista dos expositores brasileiros aptos a participar do evento. Entendo que este documento deva ser encaminhado ao comissário no momento de sua indicação de forma a facilitar o trabalho de divulgação e convite.
2- Otimização do Processo de Transporte das coleções. Face ao número de coleções que a ser transportadas e tendo em vista a importância financeira e sentimental de cada coleção, seria de bom tom a aquisição por parte da FEBRAF de uma mala metálica apropriada para este transporte, a exemplo do que já ocorre em algumas entidades.
3- É praxe entre os comissários e juizes a permuta de material filatélico de seus correios. Desta forma a FEBRAF deveria preparar este tipo de material, agregando ao mesmo propaganda institucional da entidade.
4- Tendo em vista os custos que envolvem a participação FEBRAF em exposições FIP, sugiro a implantação de um sistema de cotas democrático entre os colecionadores interessados em expor neste nível de exposição.
5- Implantação de uma cartilha de direitos e deveres dos comissários FIP.
6- O comissário deve transportar consigo material original da classe literatura uma vez que como a mesma é remetida com grande antecedência a CO, pode ocorrer extravio e copias não são aceitas.

AGRADECIMENTOS
FEBRAF - Pela confiança depositada por esta entidade em meu trabalho como comissário brasileiro para a Exposição Mundial de Filatelia Espanha 2006.
Rubem Porto Jr. – Pela cessão da listagem com nomes e endereços dos colecionadores, bem como pelas orientações fornecidas.
Luiz Paulo R. Cunha – Pelas Orientações fornecidas.
Klerman Wanderley Lopes – Pela atuação como segundo comissário da exposição, transportando todas as 5 coleções do Rio de Janeiro, bem como realizando minha apresentação aos demais comissários presentes e pelas orientações fornecidas.